This website was built right for you! It is a virtual place where English becomes simply irresistable. Here you can learn English with fun.
02 de Fevereiro de 2009

 LIVROS

 

Storybook WEB

 

Podiobooks é um site que “serializa” livros em áudio - tudo em inglês. Que significa isso? Primeiro, a narração do livro é gravada, depois é toda dividida em episódios e finalmente disponibilizada no site para que você possa baixar e ouvir (veja a seção About para perguntas frequentes). A maioria das obras não é de autores famosos - segundo o próprio Podiobooks, o conteúdo do site é formado por livros em inglês em áudiotrabalhos de novos autores que buscam exposição ou simplesmente gostam de escrever.

Na página de busca (Search), você pode navegar pelas categorias (Browse the Categories) - tem ficção, mistério, humor, infantil e muito mais. Na página de cada livro, vá lá para baixo para acessar os episódios - veja, por exemplo, a página do romance Clear Heart. Se você se registrar no site gratuitamente, pode receber episódios no seu agregador de feeds com a frequência que escolher.

Mais uma coisa: pelo que vi, não tem texto - é só áudio mesmo.

 

 

 

 

 

Nove contos infantis em inglês da escritora e ilustradora Beatrix Potter estão disponíveis para leitura no Kid’s Corner. Clique nas figuras na página inicial para ver os textos de Peter Rabbit, Two Bad Mice, Timmy Tiptoes e outros, todos com as ilustrações originais.

Mais embaixo na página você encontra também dois desses contos com o áudio em inglês: Squirrel Nutkin e Two Bad Mice.

E lá no fim da página, mais estórias com áudio de Lewis Carroll (Alice’s Adventures in Wonderland), dos irmãos Grimm (The Frog Prince), Charles Dickens (A Christmas Carol) e mais…

 

 

publicado por ana às 21:53
Assuntos tratados no blog:

 

 

 
 
 
 
Este Blog dedica-se à postagem de fotos,artigos e videos que circulam livremente na internet. Qualquer anomalia ou problema de funcionamento e/ou copyright não é da responsabilidade deste Blog, dado que o mesmo se baseia em hiperligações ou links. Eventuais reclamações e outras solicitações deverão ser feitas unica e exclusivamente nas respectivas fontes de origem. DEFENDO A UTILIZAÇÃO LIVRE, SEM DIREITOS DE AUTOR OU COPYWRIGHT, PORQUE O MEU OBJECTIVO É DIVULGAR E PARTILHAR OS MEUS CONTEÚDOS COM TODOS OS QUE OS QUISEREM USAR.

00one.gif (3184 bytes)

   ANA MÁRCIA
 

mais sobre mim
arquivos
2012
2011
2010
2009

 Exercícios Hotpotatoes  7º ano

 

 Vocabulary - Food

 Vocabulary - Body language

 Grammar - Modal Verbs

 Grammar - Conditional

 Exercícios Hotpotatoes -8º ano

 

 Vocabulary - Clothes

 Vocabulary - Personnalities

 Grammar - Adjectives

 Grammar - Past Simple

daqui

 

border="0" />

European Day of Languages

o melhor site para aprender

L.Estrangeiras:

http://www.bbc.co.uk/languages/

WEBQUESTS

The United Kingdom I

The United Kingdom II

À descoberta de Londres

Hallowe'en in Great Britain

A trip to New York

Around the food plate

The United States of América

O filólogo e filósofo Nietzsche costumava a dizer que toda língua possuía uma Sprachmelodie (um ritmo de fala único). Por isso, algumas línguas parecem mais adequadas do que outras para certos tipos de canto. Assim, o italiano é, por excelência, a língua do “bel canto”, o alemão o idioma oficial da opera épica, o português europeu a própria tessitura do fado, o português brasileiro o principal responsável pelo balanço do samba e o inglês (britânico ou americano) o próprio embalo da música pop.

Não importa se é Jazz, Blues, Soul ou Rock, o inglês se afina com a música pop de uma forma natural, quase como uma questão do destino, como mostram os Beatles, Ella Fitzgerald, David Bowie, Aretha Franklin, Bob Dylan e muitos outros.

 

Ampliando, invertendo e (quem sabe) pervertendo a ideia de Nietzsche, porque não dizer que a música possibilita a audição, a descoberta e o aprendizado da Sprachmelodie?. E, por que não levar essa ideia mais a diante e dizer que a audição de tais músicas possibilita a audição, a descoberta e o aprendizado da própria Sprach (do idioma em si).

Não é preciso ter lido Nietzsche (e perverter suas ideias) para chegar a tal conclusão. Professores de inglês por todo o mundo já sabem disso. A melhor forma de ensinar Present Perfect é com “Have you ever seen the rain?”; assim como a melhor forma de ensinar o futuro é com “I will survive”. Nos casos citados, não há gramática que realize tal tarefa de forma mais eficiente que o Creedence e ou a Glória Gaynor.

Contudo, as músicas não são o único recurso didático disponível e importante. Os filmes também o são. Porém, com eles não é preciso nem justificar com teorias. É um contato com a língua falada em estado puro, verdadeiro e ainda com letrinhas embaixo para que você aumente seu vocabulário. Aumento do vocabulário esse que é ainda mais eficiente se o filme tiver uma frase famosa (que vira quase um bordão) e se torna uma referência constante na cultura pop. É impossível se esquecer de frases (e consequentemente de seus sentidos) como: Why so serious?; We’ll Always have Paris e Frankly, my dear, I don't give a damn.

Francamente, querido, não importa se você ministra um Curso de Inglês em Goiânia ou frequenta Aulas de Inglês em Natal, se tais recursos forem bem utilizados, você e seus alunos se importarão. E muito.

 

 

blogs SAPO